quinta-feira, 14 de julho de 2016


Metade de mim é fada,
a outra metade é bruxa.
Uma escreve com sol,
a outra escreve com a lua.
Uma anda pelas ruas 
cantarolando baixinho,
a outra caminha de noite
dando de comer à sua sombra.
Uma é séria, a outra sorri;
uma voa, a outra é pesada.
Uma sonha dormindo,
a outra sonha acordada.
Poema das bruxas

11 comentários:

  1. As bruxas são assim mesmo... dicotômicas, opostas mas se somam!!!
    Uma é o contrário da outra, cujas somatórias se completam...!!
    Belo texto!!!!

    ResponderExcluir
  2. Uma interessante e ate bela definição.
    A imagem está exuberante amiga.
    E quando a noite chega se fundem e dançam com os pirilampos, perdidos até que os raios solares vem dizer que a noite terminou.

    Um belo fim de semana com paz e alegria no coração.
    Carinhoso abraço
    Bjs de paz amiga.

    ResponderExcluir
  3. Mas todos nós temos mais que um "eu"...
    Magnífico poema, gostei imenso.
    Frida (qual é o teu nome...?), tem um bom fim de semana.
    beijo.

    ResponderExcluir
  4. "dando de comer à sua sombra" pode ter vários significados.

    ResponderExcluir
  5. E assim vamos vivendo, sendo como podemos!

    Beijos querida!

    ResponderExcluir
  6. Naquele post, eu usei de ironia, pois acho que o ser humano pode escolher o rumo da vida.

    PS: Os significados que vejo na expressão deste teu post que diz "dando de comer à sua sombra" são os seguintes: (1)Fazer a sobra andar. (2)Aproximar-se do foco de luz, fazendo a sombra crescer. (3)Alimentar sentimentos ruins.

    ResponderExcluir
  7. Escolher sempre não é possível, mas a vida não é predeterminada como uma reação química. O pensamento não me parece sujeito a um destino predeterminado e irrevogável por parte da vontade.

    ResponderExcluir
  8. Vim deixar um doce beijinho nessa menina linda e talentosa!!!

    ResponderExcluir
  9. Boa noite, Frida.
    Somos várias em uma só, sentimos de diferentes modos.
    Acredito totalmente no sorriso e no choro, faz parte de nós, assim como a Lua e o Sol, a luz e a escuridão.
    Amei.
    Somos fadas e bruxas, certamente.
    Tudo de bom.
    Beijos na alma.

    ResponderExcluir
  10. Gostei muitissimo do poema e gosto de tudo quanto é mágico e não objective magoar ninguém.

    A foto é preciosa.

    Minha querida , abraço estreito com desejo de excelente final de semana :)

    ResponderExcluir
  11. Los opuestos, así somos.. muy bueno, Beso

    ResponderExcluir