segunda-feira, 28 de setembro de 2015


BELO HORIZONTE REGISTRA A TEMPERATURA MAIS ALTA DO ANO
O Inmet informou também que estas são as mais altas temperaturas registradas desde 1961.

"A comunidade científica vem advertindo sobre as conseqüências das mudanças climáticas e ao mesmo tempo muitas populações já conhecem de perto os impactos do aquecimento do planeta."

"Na busca de respostas sobre o futuro da vida no Planeta, hipóteses de cenários alertam para grandes deslocamentos humanos, mudanças radicais no sistema de produção de alimentos, guerras em função da escassez de recursos e até áreas de alguma maneira privilegiadas. São projeções, mas uma coisa é certa: nada será como antes."


Hj para mim foi  o dia  mais quente ... nada alivia esse calor... mesmo na fazenda estando bem mais fresco, senti que estava abafado, se nota que o tempo esta mudando... nao é como era antes... ao chegar em BH é como se entrasse em um forno... acho que nunca vi um calor como esse... estou me sentindo incomodada... haja ar condicionado e crise de asma...

 Fico pensando em como vai ser o futuro...o que esta acontecendo com o planeta?



quarta-feira, 23 de setembro de 2015



Sou aquela que carrega em suas entranhas
a força da vida já vivida
da estrada já percorrida
mas ainda assim se renova
se transforma,

Sou aquela que encerra mistérios
que guarda saberes
que se sustenta em raízes
que tem asas abertas
prontas para novos caminhos
novos rumos
novos perfumes

Sou aquela que sábia, nada sabe
que aprendiz, tudo compreende
como livro vazio
está aberto para novas histórias

Sou aquela que semeou estradas
que desabrochou trigais
que saciou fomes
que matou sedes

Sou aquela que foi amparada
que amparou
que chorou
que viu chorar
que abraçou
que de mãos dadas com a lua
caminhou por noites inteiras

Sou aquela que se descobriu estrela
que se percebeu água
que sentiu a terra
que viveu nos ares
que queimou as dores
no fogo sagrado das intenções

Sou aquela que viveu
que vive
que viverá
em cada coração tocado
pela delicadeza das palavras
sopradas
ouvidas
sentidas

(Rose Kareemi Ponce)







terça-feira, 22 de setembro de 2015

Sobre mudanças...

Sempre fui muito intensa em tudo, com tudo, nas minhas relaçoes com pessoas, coisas e sentimentos... tudo em mim é pra sempre...
Se gosto, gosto muito, ate morrer, meio novela mexicana ... se detesto, detesto muito, de ficar de mal pra toda vida," belem belem, nunca mais fico de bem"...
Sou assim... misturo em mim a força do sangue cigano, a braveza do sangue italiano e a doçura e aceitaçao do sangue negro escravo...
Mudanças me deixam em panico, justamente pq sou muito intensa, e de repente... novos tempos se anunciam... e com ele as mudanças necessarias... e me pergunto... sera que pensei realmente que nada ia mudar?
Na verdade tudo muda o tempo inteiro... sao pequenas mudanças diarias, tao sutis como o giro da terra... por isso nao percebemos... e quando vem as grandes mudanças, nos surpreendemos ...
Estou começando uma vida nova em outro país...ainda vivendo um pouco aqui e um pouco la... estou em extase e medo... extase pq estou indo para fazer o que adoro, que é pesquisas no campo da hematologia... e medo pq mudanças sempre trazem apreensao, medo de nao dar certo...
E nunca pensei em me tornar cidadã de dois mundos, sempre fui roceira, a moça timida e pacata do interior, que passaria a vida tranquilamente morando no mato, vivendo entre os bichos e ouvindo opera, que é uma das minhas paixoes... mas... a esperança no novo é sempre presente...
Vivendo em solo americano... espero construir uma historia profissional para a minha vida... e crescer como pessoa aprendendo com essa experiencia, pois nao é facil viver longe da familia... viver em um país com cultura e costumes totalmente diferentes do que se esta acostumado... por melhor que tudo se apresente, existe a solidao de ser um "estrangeiro"...

Gelo na barriga (frio é pouco)... pé no chao... esperança no coraçao... abra os braços e me acolha bem "Tio Sam"... pq aqui estou eu...

"Come and find your land of dreams"

 Assim é... e assim sera...