quinta-feira, 21 de maio de 2015


Tua presença invisível
Percebo ao sentir um calor
Pressinto tua voz maliciosa
Enchendo minha face de rubor

Essa tua alma cigana
Brinca comigo sem demora
Me deixas apreensivo, inseguro
Quando muda o foco a toda hora
Me deixes em paz aqui tranquilo
Vagueies por aí longe de mim
Faças de bobo outro iludido
Sossegues tua alma enfim...
Junte-se a mim, menina dos sonhos
Levar-te-ei por caminhos diferentes
Onde ei de te amar na tua medida
Vem dançar com sua roupa colorida
Seduzir com seu bailar este que por ti
Perdeu-se em devaneios pela vida
O feitiço do encanto do amor
Uniu-me a ti em suave poesia
A resgatar solitário sonhador

(Alma Cigana - Dani Mello e Daez Savó)

terça-feira, 19 de maio de 2015


Eu te amo não diz tudo, não mais. Se dissesse seria mais fácil, mas nos acostumamos a ouvir eu te amo como se isso significasse apenas "eu gosto muito de você".
Alguns dizem eu te amo para calar a boca do outro, ou para não precisar de explicações.
Infelizmente nos esquecemos do que esta por trás desse sentimento e tudo o que ele engloba. Se a gente se lembrasse o que diz realmente "eu te amo" nós repetiriamos bem menos essa frase, por que faríamos isso com mais respeito e consciência. Ou porque teríamos medo e vergonha na cara.
Eu te amo significa que eu te aceito, que aceito as tuas limitações e as tuas manias, que não vou te deixar mesmo que você fique doente, ou feio, ou chato, ou sem graça. Eu te amo significa que eu rezo por você e pela sua saúde, que eu desejo ser feliz ao teu lado, mas, antes disso, desejo que você seja feliz sozinho também. Eu te amo significa eu estou aqui. E que não vou soltar a sua mão, mesmo que isso leve nós dois para lugares estranhos e desconhecidos. Eu te amo e vamos juntos encontrar as saídas.
Eu te amo significa que não vou te machucar fisicamente ou psicologicamente. Significa que o seu sorriso é meu preferido, seus olhos são os mais bonitos e eu não troco a sua companhia por nada.
Eu te amo significa que você pode confiar em mim enquanto eu te amar. E que vou avisá-la quando eu não sentir mais amor por você por que quando um amor real chega ao fim, resta ainda consideração.
Eu te amo significa que você pode se apoiar em mim quando precisar e pode ter certeza que vou te dizer a verdade sempre, mesmo que isso te cause alguma dor.
Mas, hoje um eu te amo só trás um vazio de quem não tem responsabilidade com o outro. Hoje você diz eu te amo e amanhã consegue amar outra pessoa. Trocaram a intensidade da frase pela repetição dela, dizem eu te amo com a facilidade de apertar um interruptor.
Se você pensar em tudo o que essa frase representa, conseguiria dizer eu te amo com a mesma verdade? Teria coragem de dizer todas essas outras coisas para quem hoje você diz amar e se comprometer?
Se a resposta for sim, sinta-se orgulhoso, você aprendeu o real sentido do amor, e aceitou a responsabilidade que AMAR alguém, nos traz.
Se a resposta for não, respeite o seu próprio despreparo e diga apenas "eu gosto muito de você".
Não banalizar o "eu te amo" é um grande passo para aqueles que ainda não aprenderam a amar.

 (Camila Heloise)



domingo, 17 de maio de 2015


anéis colares pulseiras
brincos grandes de argola
um laço ou flor nos cabelos
a saia - claro - é de roda

(maria é toda exagero
tem mais pétalas
que a rosa)

(balangandãs -  líria porto)

quinta-feira, 7 de maio de 2015



A DEMORA
O amor nos condena:
demoras
mesmo quando chegas antes.
Porque não é no tempo que eu te espero.
Espero-te antes de haver vida
e és tu quem faz nascer os dias.
Quando chegas
já não sou senão saudade
e as flores
tombam-me dos braços
para dar cor ao chão em que te ergues.
Perdido o lugar
em que te aguardo,
só me resta água no lábio
para aplacar a tua sede.
Envelhecida a palavra,
tomo a lua por minha boca
e a noite, já sem voz
se vai despindo em ti.
O teu vestido tomba
e é uma nuvem.
O teu corpo se deita no meu,
um rio se vai aguando até ser mar.

(MIA COUTO - In Idades Cidades Divindades, 2007)

sábado, 2 de maio de 2015



“Um dia lá no Oriente de onde tudo começa, partiu meu povo contente, caminhando sem ter pressa.
Quando partiu? Ninguém sabe. Por que partiu? Ninguém diz. Partiu quando deu vontade. Por que partiu? Porque quis. 
Então aqui aparecemos, sem nunca saber quem fomos. Nosso passado esquecemos, só interessa o que somos.
O ontem sempre é passado, o amanhã sempre é futuro, vivemos despreocupados, o hoje que é mais seguro.
Dizer que pátria não temos é uma grande insensatez. A nossa pátria sabemos, é maior que a de vocês. Sua pátria é um país somente, a nossa é toda esta terra, que Deus nos deu de presente, por nunca fazermos guerra.
Somos um povo que canta, feliz por saber viver. O por do sol nos encanta, amamos o amanhecer. E assim, sempre de partida, ora no campo ou cidade, amamos a nossa vida, somos reis da Liberdade!”
Somos o povo cigano...
(Zurka Sbano)


OPTCHÁ