segunda-feira, 9 de novembro de 2015


"Quando amamos alguém não perdemos só a cabeça, perdemos também o coração. Ele salta para fora do peito e depois, quando volta já não é o mesmo, é outro, com cicatrizes novas. Ás vezes volta maior, se o amor for feliz; outras regressa feito uma bola de trapos, é preciso reconstruí-lo com paciência, dedicação e muito amor-próprio. E outras vezes não volta.
Fica do outro lado da vida, na vida de quem não quis ficar do nosso lado."



3 comentários:

  1. Acho que quando a gente ama, perde tudo, mas depois, encontra alguma coisa nova.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  2. "Acho que quando a gente ama, perde tudo, mas depois, encontra alguma coisa nova." (2)

    abraço

    ResponderExcluir
  3. O poeta compositor já disse que ele é mesmo sem juízo por insistir em bater tantos, por quem já não o quer.
    Mas quer saber? Bom mesmo é viver nestas emoções entre costurar e arranhões.
    Beijo amiga e bela e boa semana.

    ResponderExcluir