terça-feira, 29 de abril de 2014



«Por vezes ouvia música. Só ela ouvia música; aliás, era ela que escolhia, mentalmente, as músicas que ouvia, ouvia secretamente essas músicas. E dançava com essas músicas; dançava com os olhos, com movimentos de cabeça, com os braços. Podia estar a ouvir pessoas e estar, ao mesmo tempo, a dançar essas músicas. Dançava; às vezes, por dentro de si mesma.»

 (Baptista Bastos)


domingo, 27 de abril de 2014

Sobre a Lei da Compensaçao...

Entire class shaved their head on graduation day to support their classmate, who has cancer. - See more at: http://www.you2shares.com/2013/05/photos-of-humanity.html#sthash.IAjrQVpH.dpuf
Read more at http://www.you2shares.com/2013/05/photos-of-humanity.html#RXGKfCeSYQQBpjIS.99
Entire class shaved their head on graduation day to support their classmate, who has cancer. - See more at: http://www.you2shares.com/2013/05/photos-of-humanity.html#sthash.IAjrQVpH.dpuf
Read more at http://www.you2shares.com/2013/05/photos-of-humanity.html#RXGKfCeSYQQBpjIS.99
Quem ajuda os outros é ajudado, talvez amanhã, talvez daqui a mil anos, mas será ajudado. A natureza precisa saldar a dívida. É uma lei matemática e toda a vida é matemática.

Frases de G. L. Gurdjieff
Entire class shaved their head on graduation day to support their classmate, who has cancer. - See more at: http://www.you2shares.com/2013/05/photos-of-humanity.html#sthash.IAjrQVpH.dpuf
Read more at http://www.you2shares.com/2013/05/photos-of-humanity.html#RXGKfCeSYQQBpjIS.99Quem ajuda os outros, é ajudado, talvez amanhã, talvez daqui a mil anos, mas será ajudado.
Quem ajuda os outros é ajudado, talvez amanhã, talvez daqui a mil anos, mas será ajudado. 
A natureza precisa saldar a dívida. 
É uma lei matemática e toda a vida é matemática. 
(G.L.Gurdjieff )


 Recebi este prêmio do blog  "Luz no Papel"
- http://iamfotonico.blogspot.com.br/














Agradeço ao Ricardo o carinho da lembrança...

Regras:
. Mostrar o prêmio
. Anunciar o prêmio com um post no blog e agradecer o blogger que o menciona
. Nomear blogs para este prêmio
. Fazer um comentário em cada blog homenageado

Mencionarei seis... mas todos que por aqui passam o merece sem distinçoes...

O Arabe
-http://ohassan.blogspot.com.br/

Toninho
-http://mineirinho-passaredo.blogspot.com.br/

Marilene
- http://umcanto-recantodaalma.blogspot.com.br/

Roderick
-http://beldadedaminhavida.blogspot.com.br/

São
-http://mariaconceicaobanza.blogspot.com.br/

Perola
-http://eeratudomuitobom.blogspot.com.br/




quinta-feira, 17 de abril de 2014


Na tua pele toda a terra treme
alguém fala com Deus alguém flutua
há um corpo a navegar e um anjo ao leme.

Das tuas coxas pode ver-se a Lua
contigo o mar ondula e o vento geme
e há um espírito a nascer de seres tão nua...

(Manuel Alegre)

segunda-feira, 14 de abril de 2014



O perigo da perversidade é que ela é muito sutil. Um ser perverso jamais te atacará diretamente. Ele vai saborear cada silêncio calculado para despertar sua agonia. Ele vai tentar tolher seus lugares íntimos até que não reste qualquer espaço para manobras. Ele vai te seduzir da maneira mais irresistível e depois te tratar com um descaso inexplicável, como se algo de errado tivesse acontecido, mas sem te dar quaisquer indícios do que possa ter acontecido. Ele será carismático com os outros, prestativo, mas demonstrará impaciência em responder à sua mais simples pergunta. Ele vai oscilar entre o tesão e a indiferença. Você se sentirá desejada quando o sufoco tiver tomado toda a sua alma e, totalmente desamparada quando o desejo demonstrado parecer esvaído nos primeiros suspiros da manhã. E o dia seguinte se tornará um longo e agonizante ano. Ele parecerá espirituoso, depois irônico, mas estará sendo absurdamente crítico e sarcástico. E te deixará tão confusa que você, por momentos, não saberá identificar a crueldade que há neste tipo de comportamento. Os perversos são viciados em jogos de poder e controle. Não sabem o porquê. Simplesmente precisam tentar te destituir da sua autoconfiança e autoestima até que você se torne refém, dependente, à beira do desespero.
É muito difícil identificar um ser perverso e, depois se livrar dele. Ele te tratará com uma bipolaridade emocional absoluta. E quando tudo parecer perdido, quando você tiver decidido de maneira explícita sua escolha por um afastamento ou desligamento da relação, ele te rondará da maneira mais amorosa possível tentando te convencer que a falta de sintonia anterior era um problema seu.
O perigo da perversidade é porque ela é muito sutil. E o único antídoto para se curar de uma relação doentia como esta é reunir toda a coragem que você jamais imaginou ter e partir com toda a convicção de que você não precisa continuar neste campo minado. Você pode escolher um lugar de paz. Você pode não ser presa de um predador voraz. Você não precisa se vestir de sangue para alimentar estes vampiros.
Esteja atenta. O perverso sempre parecerá um ser inofensivo e carismático. Com os outros. Apenas com os outros. E isto te deixará com uma imensa vontade de conquistar aquilo que ele fará questão de demonstrar que não está disponível para você. 

Só para os outros.

(Marla de Queiroz)




Esta língua não é minha,
qualquer um percebe.
Quem sabe maldigo mentiras,
vai ver que só minto verdades.
Assim me falo, eu, mínima,
quem sabe, eu sinto, mal sabe.
Esta não é minha língua.
A língua que eu falo trava
uma canção longínqua,
a voz, além, nem palavra.
O dialeto que se usa
à margem esquerda da frase,
eis a fala que me lusa,
eu, meio, eu dentro, eu, quase.
- Leminski, Invernáculo 

sexta-feira, 11 de abril de 2014




"Não vou deixar que nenhum filósofo alemão com nome e temperatura de cerveja pilsen me impeça de gozar alheio à toda polêmica metafísica acerca do amor. Seja ele como for, complicado, fugaz ou platônico, fica decidido: vou me submeter, quantas vezes forem necessárias as intempéries do amor, azar do estrago que faz, do parco tempo que dura, se sobram poucas canções do Cazuza pra ouvir sem zunidos."


[Gabito Nunes]

quinta-feira, 10 de abril de 2014


 'Os anjos sentam bem no ombro esquerdo 
das pessoas pra indicar a direção. 
E sopram gracejos ao ouvido 
que é pra gente nunca desaprender o riso.'


[Cris Carvalho]

terça-feira, 8 de abril de 2014

Ela gostava de guardar no bolso imenso do casaco amarelo, todas as coisas do mundo.
Guardava cores, o cheiro dos amigos de infância, o vento-bagunça-cabelo, o vento-levanta-vestido, o cheiro de chuva da avó materna, o cheiro de domingo de sol do avô. As previsões catastróficas da melhor amiga virginiana, os beijos que sentiu, o cheiro de cada lugar que viveu, guardou olhos-sorrindo, os conselhos da tia-prima-segunda da vizinha da frente, guardou os que sorriam pra ela, os que foram e prometeram voltar, os que voltaram, os que não...

Um dia encontrou o mar... se olharam, imensos!
Entregou o que tinha.
Tirou o casaco, se desfez do botão colorido e sacudiu devagar pra se despedir de tudo.
Ficou ali, olhando o mar abraçar teus dias sem pressa, fechava e abria os olhos, sentia o vento, respirava fundo, aliviada, todo silêncio do mundo e ela.

Menina que tanto guardou do mundo, agora derramava mar dos olhos.

(L.M)

domingo, 6 de abril de 2014

Sobre Ciganos...

- Não fique equivocado: Somos um povo, uma raça não uma religião. -
(Kaslares Karvalho)


 Lendo a vida...
Vejo a sorte
Abro cartas 
Embaralho...
Mãos de perfume
Palavra farta
Como atingir o topo?
Ponderações
Contradições
Não é trabalho!
É o meu baralho!
Magia...Fantasia
Coerência
Emoções
Vida em jogo
Ditas num sopro...
Destino que aparece
Assusta,alegra
Vida ,morte
É a sorte embaralhada
Deitada na mesa
Visão de fada,intuição
Voz ouvida como canção
Vejo astros...
Lua...
Constelações,planetas
Poder ,caridade
Verdade nua e crua
Segredos e mistérios
Desvendados,falados
Jogados como pedras em telhados
Alguns de vidro...
Sigo a leitura
Bom censo
Incenso
Luz de vela,clarão
Luz,taça,água
punhal
Mágoa que aparece,consolo
Jogo de vida
Jogo de sorte
Encanto,magia
Afastando a morte...
Vejo a sorte!
 (Adriana Rodrigues)