sexta-feira, 10 de janeiro de 2014



À luz da lua ela aparece
Vestida de rubra cor
Na boca o mel é o sabor
Sob as estrelas ela vem
Intrigando com seu mistério
Exalando perfume,vibração de amor
Feiticeira ,mulher,fada e menina
Encanta e fascina quem dela se aproxima
Em seus olhos ciganos guarda segredos
Jamais ditos,alguns insanos...
Profanos...
Profundos segredos...
Emoção ,alegria contagiante!
Ela tráz a beleza morena
Que inspira e enfeitiça
Na rosa vermelha prende suas madeixas
Macias e perfumadas de flores
No brilho esverdeado dos olhos
Mantém anônimo seu nome ,sua vida
Ao amanhecer volta a se esconder
Desaparece no brilho do sol
Volta junto com a lua
Na nova noite ,luar novo
Onde o tempo continua...
Ela volta vestida de ouro
Mais linda que antes
Cigana bela,da vida amante
Da noite esta cigana é a mais linda dama.
(Adriana Rodrigues)


Aquela Cigana...



7 comentários:

  1. Maravilhoso e cheio de magia!
    Tenha uma boa noite!

    ResponderExcluir
  2. Oi, querida!

    A imagem condiz com você. Livre, limpa, deitada sobre vegetação, talvez ao luar, desempoeirada e muito bonita.

    Cigana linda, com olhos de fada, místicos, sensuais, feiticeiros e fatais, VOCÊ!

    Pra quê saber seu nome, ou o nome delas? Elas são desígnio que só Deus conhece, e graças a Deus, algumas pessoas, das quais faço parte.

    Sabes, querida, quando era eu era pequena, talvez tivesse um ano, não me lembro bem, os ciganos/homens, amigos de meu avô e da família, nunca me beijaram o rosto. Me beijavam as mãozinhas, Por esse gesto, você pode ver até onde ia o respeito daqueles homens, pelas crianças do sexo feminino. Elas, as ciganas, eu lembro, a Cármen, que era espanhola, e que me beijava e me punha no seu colo e fazia de mim, "gato sapato", mas com muito amor e dedicação.

    Meu pai foi padrinho de um garoto cigano, a quem deu o nome de Manuel, que era o nome de meu pai .Eu já andava na escola primária, e me lembro muito bem. Eram muito civilizados, eles, o casal, e seus filhos frequentavam a escola, também. Partilhávamos o lanche, veja só!

    QUE BELAS RECORDAÇÕES, EU TENHO, DESE TEMPO!

    Bom fim de semana, menina linda amiga!

    Beijos afetuosos da Luz.

    PS: já estás mesmo bem? E aí, em casa?

    ResponderExcluir
  3. Pretendo retificar. DESSE!

    Beijinhos e olha o luar, teu companheiro e confidente.

    ResponderExcluir
  4. Uma bela descrição entre magia e encantos de uma bela cigana.
    Ótima partilha como sempre.
    Abraços.
    Bjo

    ResponderExcluir
  5. E seria impossível não lhe estender um abraço e entregar a lua.
    Lindo!

    ResponderExcluir