quarta-feira, 13 de novembro de 2013



E a gente vai descobrindo que as pessoas não sentem ou são como realmente dizem ser... nada como o tempo e afastamento... nada como um dia e depois outro e depois outro... as vezes nem se precisa de tanto tempo ou dias....


Nós somos responsáveis pelos nossos atos, assim aprendemos a vida toda. Na vida prática isso vai fazendo cada vez mais sentido quando estamos crescendo, porém no emocional é difícil agir assim. Escolhemos a todo o momento e assumimos palavras e atitudes que machucam o outro. Confesso que demorou a chegar a minha vida esse amadurecimento, mas com o passar dos anos foi preciso que eu escolhesse meus caminhos com maior racionalidade. Fingir não estar machucado com atitudes alheias já não é mais possível pra mim. Aprendi com os anos a recolher os cacos e sair de cena, ainda faço parte daqueles que insisti, que conversa e quer falar sobre o acontecido. Existe um momento, não me pergunte, pois eu não sei dizer quando, que eu solto. 

( A emoção e a razão - postado pelo O Delírio da Bruxa) 


Um comentário:

  1. Quando percebemos estamos só num banco do trem,que ao longo da estrada, foi deixando os passageiros e segue sua rota solitária, pensando numa nova estação,
    Meu terno abraço.
    Bjo

    ResponderExcluir