terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Mulher formosa criatura
Que habita o vale de meus pensamentos,
No fundo é o teu desejar
Apoderar-se de meus sentimentos.

Eu, cavaleiro de fina nobreza,
Sempre pronto para o bom combate
Despreparado para  esta contenda
Pois é pelo desejo que tu me abate.

Ao sentir sua doce presença
Um frio corre-me a espinha
E me acende um louco anseio,
Que sejas minha rainha.

Teus cabelos macios e perfumados
Emolduram teu rosto sedutor
Tornando-me ainda mais desejoso
De fazer-me serviçal do teu amor.

No teu corpo voluptuoso
Os seios saltam-me à vista
E aturdem ainda mais minha mente
Já dominada pelo fogo da cobiça.

Tua cintura esguia e escultural
Encaminha-me os olhos até tua generosa anca
Onde imagino minhas mãos repousadas
Como a segurar um brinquedo uma criança

E obcecado por este desejo
Sigo enfeitiçado por meu caminho
Louco por sentir o gosto do teu beijo
Ávido por ser digno do teu carinho.

Se um dia você quiser satisfazer
Estes desejos que vivo a sonhar
Venha num súbito rompante
E me faça teu vassalo sem chance de escapar.

Jogue-me na masmorra de seu castelo
Submeta-me a tortura e a dor
Mas não deixe nunca que eu morra
Sem ser agraciado pelo teu amor.

Ou então, seja ainda mais rápida
Não tenha piedade de meu coração
Introduza-lhe a espada da recusa
E liberte-me do grilhão da ilusão. 

(Amor Medieval - Valter Montani)
Amores medievais.... amores que segundo consta a historia duravam a vida toda e seguiam pós-tumulo... eram os famosos  "amores eternos"...Alguns bons seculos depois a historia muda... hj vivemos amores "fast-food"... "amores de prateleira"...  tudo esta muito exposto... é so pegar... comer e jogar fora  o que sobrou, a embalagem que nao satisfaz   mais... pq na prateleira mais proxima a outra embalagem exposta é mais interessante e convem mais para aquele momento...
E assim vamos vivendo carencias... engolindo sapos e fingindo que digerimos bem os amores de prateleira...
Diz a historia que os amores medievais eram os perfeitos... visto Francisco e Clara... Abelardo e Heloisa... Lancelot e Guinevere... Tristao e Isolda e tantos outros que se tornaram imortais... reais ou mitologicos entraram para a historia como amores verdadeiros... entao enquanto nao se inventa  uma maquina do tempo para que possamos voltar ao passado... vamos sonhando com essas poesias sobre amores assim...eternos...

6 comentários:

  1. Oi, querida Frida!

    Olha que o pomema da Idade Média, bem que podia ser, de agora.
    Nele se faz a apologia da beleza feminina e do desejo, que o homem sente dela, tal como o amor eterno, que lhe consagra.

    Sabe, eu acho, apesar do usar e deitar fora, ainda há "Romeus e Julietas" por aí, embora se tenham de esconder da sociedade.

    ESSES SÃO MESMO OS VERDADEIROS, ACREDITE!

    Te desejo uma noite maravilhosa.
    Beijos da Luz, com carinho.

    ResponderExcluir
  2. Oi, querida!

    Pretendo retificar: POEMA.

    Beijos da Luz.

    ResponderExcluir
  3. Aqueles não eram eternos, creio eu. Mas a história nos faz sonhar, ao conhecê-los. O encantamento, a conquista, a entrega. Hoje, está o relacionamento começando pelo avesso, razão da falta de conhecimento e de verdade. Só a autenticidade possibilita um amor desses, admiráveis. Bjs.

    ResponderExcluir
  4. Cara Frida,

    Primeiramente, agradeço a honra de ter um poema meu publicado em seu blog. Eu gosto muito da temática medieval, talvez eu tenha vivido naquela época, noutra encarnação, talvez não. Mas isso não importa, eu faço questão de escrever sobre o amor e todas suas nuances, gosto de fantasiar bastante, escrevo sobre bruxas, vampiros, fadas, anjos dentre outros, afinal nossa realidade, no que diz respeito a amor, não é muito agradável. Estamos em plena era da informação, muitas pessoas se expõe diariamente na NET, está realmente fácil ter alguém para sexo, mas quantidade não é qualidade, é difícil poder amar alguém de corpo e alma, pois existe o temor de não ser correspondido da mesma forma. Infelizmente o que prevalece é o medo, e amor com receio tende a não sobreviver. desejo-lhe sucesso com seu blog e mais uma vez grato.

    ResponderExcluir
  5. Olá Frida, tudo bem?

    Primeiramente agradeço pela honra de ter um de meus poemas publicado em seu blog. Eu gosto da temática medieval, não sei porque admiro tanto aquele período da história, como sou adepto do espiritualismo e acredito em outras vidas, as vezes eu penso que vivi naquela época.
    Também escrevo a respeito do amor e de suas diversas facetas, vampiros, bruxas, fadas, anjos e ai por diante, se quiser ver outras poesias e poemas visite-me num de meus blogs, ficarei feliz! estou te seguindo! sucesso!

    ResponderExcluir
  6. Hello guys; This is a HD movie site kindly visit I am sure your will really enjoy. Thanks
    Watch Online Movie Free

    ResponderExcluir