segunda-feira, 25 de junho de 2012


Depois de um final de semana na fazenda... uma boa noite de sono... energias recarregadas...um classico que traduz o que quero e para começar bem a semana...




domingo, 24 de junho de 2012

Meu pequeno finalmente conheceu o campo... passar o final de semana na fazenda longe de tudo e da civilizaçao recarrega qualquer energia... esperei ele crescer um pouquinho mais para leva-lo , pq a fazenda é isolada, sem recursos, mas, ele se comportou muito bem, fiquei orgulhosa... e  feliz dele estar começando a conhecer suas raizes... foi quase como um ritual ... mostrar tudo para ele... ele é muito pequenino mas observava atentamente o barulho de cada coisa... foi engraçado ele se assustar com o mugido do boi... ficar nervoso de molhar as maozinhas na agua do corrego, ele resistiu bravamente aos mosquitinhos chatos...o dia passou tranquilo, sem tanto frio, mas a tarde começou o tempo a mudar, noite de Sao Joao...
O melhor foi esperar chegar a noite para embrulho-lo no cobertorzinho e ir deitar na rede como gosto de fazer, olhando o ceu... eu fiquei maravilhada de ve-lo tentar acompanhar com a cabecinha os barulhos da noite na roça... depois ve-lo ficar um tempao entretido com o mosquiteiro da cama, tentando entender o que era aquilo, enquanto eu lhe contava historias da minha vida ali, e de como minha Vó  tbm me contava historias naquela mesma cama para eu dormir como eu estava fazendo com ele...
Tudo era novidade para o pequeno mundo dele... enquanto ele dormia ao meu lado, fiquei imaginando ele um homenzinho correndo solto por ali... se pudessemos acho que todos os pais iam querer isso para seus filhos, cria-los longe de tudo...com liberdade e segurança... mesmo que tenha que produzir tudo para uso proprio... talvez so quem tenha sido criado com essa cultura entenda o valor desse isolamento... de viver sem um telefone... sem tv... de produzir seu  pao e bolo...produzir o que se come.. mesmo nao tendo o conforto da cidade nao trocar isso por nada...
O dia amanheceu lindo... com sol... ele ficou na grama, o cheiro do campo pela manha é delicioso...
Vindo embora a tarde... vendo a porteira se fechar atras do carro... achando que um final de semana é tao pouco... que é muito ruim ter que voltar para a cidade... mas meu pequeno vai ser um homem do campo...

sábado, 23 de junho de 2012

No dia 30 de junho, a Prefeitura Municipal de Cordeirópolis por meio da Secretaria de Saúde promove, em parceria com o Hemonúcleo de Campinas, uma campanha de captação de doadores de medula óssea. 


http://encontrandodrhodgkin.blogspot.com.br/


SÓ DÊ OUVIDOS A QUEM TE AMA

"Só dê ouvidos a quem te ama. Outras opiniões, se não fundamentadas no amor, podem representar perigo. Tem gente que vive dando palpite na vida dos outros. O faz porque não é capaz de viver bem a sua própria vida. É especialista em receitas mágicas de felicidade, de realização, mas quando precisa fazer a receita dar certo na sua própria história, fracassa.

Tem gente que gosta de fazer a vida alheia a pauta principal de seus assuntos. Tem solução para todos os problemas da humanidade, menos para os seus. Dá conselhos, propõe soluções, articula, multiplica, subtrai, faz de tudo para que o outro faça o que ele quer. 

Só dê ouvidos a quem te ama, repito. Cuidado com as acusações de quem não te conhece. Não coloque sua atenção em frases que te acusam injustamente. Há muitos que vão feridos pela vida porque não souberam esquecer os insultos maldosos. Prenderam a atenção nas palavras agressivas e acreditaram no conteúdo mentiroso delas.
Há muitos que carregam o fardo permanente da irrealização porque não se tornaram capazes de esquecer a palavra maldita, o insulto agressor. Por isso repito: só dê ouvidos a quem te ama. Não se ocupe demais com as opiniões de pessoas estranhas. Só a cumplicidade e conhecimento mútuo pode autorizar alguém a dizer alguma coisa a respeito do outro.
Ando pensando no poder das palavras. Há palavras que bendizem, outras que maldizem. Descubro cada vez mais que Jesus era especialista em palavras benditas. Quero ser também. Além de bendizer com a palavra, Ele também era capaz de fazer esquecer a palavra que amaldiçoou. Evangelizar consiste em fazer o outro esquecer o que nele não presta, e que a palavra maldita insiste em lembrar.
Quero viver para fazer esquecer... Queira também. Nem sempre eu consigo, mas eu não desisto. Não desista também. Há mais beleza em construir que destruir.
Repito: só dê ouvidos a quem te ama. Tudo mais é palavra perdida, sem alvo e sem motivo santo.
Só mais uma coisa. Não te preocupes tanto com o que acham de ti. Quem geralmente acha não achou nem sabe ver a beleza dos avessos que nem sempre tu revelas.
O que te salva não é o que os outros andam achando, mas é o que Deus sabe a teu respeito."




Andando por sites, tentando distrair de problemas e chateaçoes ...li isso, ja tinha visto antes, mas apenas um trecho desse texto de Padre Fabio... mas veio na hora certa...caiu como uma luva...
era o que precisava ouvir... principalmente esse pedaço:
-Há muitos que vão feridos pela vida porque não souberam esquecer os insultos maldosos. Prenderam a atenção nas palavras agressivas...




Pensei... é verdade... é chegada a hora de esquecer sentimentos de dividas que me prendem ao passado... nao vou mais me julgar ou me martirizar por palavras alheias, que me fazem sempre voltar a  ler julgamentos so para me auto-punir...  so por me sentir culpada...  erros meus e de outros?... que Deus os julgue... so ELE  sabe o que foi erro ou nao  pq conhece o coraçao de cada um... pois cada um sabe de si e Deus te todos... ler isso foi como tirar um peso, uma agonia...talvez essa fosse a hora certa para ler ...talvez se tivesse lido antes nao teria feito o mesmo efeito... talvez tivesse que esperar  ate hj para ler esse texto e enfim me sentir redimida...



Engraçado que algumas paginas seguintes tinha uma frase da Martha que dizia quase a mesma coisa:


"Fico besta com quem perde a compostura por não gostar de algo ou alguém: tão mais simples desconectar. Não ouça, não leia, não prestigie. Dê atenção ao que tem sintonia com você. E toque sua vida, sem agredir."


Caiu como uma luva de novo... Coincidencia?

 Penso que alguem ou "alguens" queria me dizer algo.. e conseguiu...enfim... em paz comigo mesma... 

Nanoparticulas  inibem 100% metastase de linfoma em ratos...


http://meubloguezinho-dudu.blogspot.com.br/2012/06/nanoparticulas-inibem-100-metastase-de.html



sexta-feira, 22 de junho de 2012

“No tango, se você errar, continue dançando”



No filme "Perfume de Mulher" há uma cena inesquecivel... quando Al Pacino que vive um personagem cego... tira uma moça para dançar e ela responde:

- Nao posso, porque meu noivo vai chegar em poucos minutos...
-Mas em um momento se vive uma vida, responde ele, conduzindo-a em um passo de tango...


"Em um momento se vive uma vida"...

Filme maravilhoso...


"Descendo de uma família nómade.
Podia ser uma ave do Norte do Brasil, uma pessoa com arte e graça para captar as vontades ou, num registro depreciativo, uma impostora.
Como Ser racional, sou quem decide o que ser e fazer.
Como seria se todos fossem assim, ainda que espezinhados por portadores de uma doença cultural à qual chamam discriminação, sem tratamento imediato e que corroe a sua própria consciência.? São essas as pessoas que semeam metástases de uma das maiores epidemias que a história não apagou.
A prova que sustenta o sumo deste post está nas palavras e actos que acendem as diferenças entre Homens iguais.
Sabem quem sou e o que sou, tendo em conta que descendo de uma família nómade?
Se fosse como os outros querem, já tinha morrido.  Já tive vontade de morrer mas neste momento não é isso que me apetece e, como tal, desejo continuar a ser o bicho que muitos não querem ver por perto.
Ser bicho e livre é bom é melhor que não ser nada e viver para nada.
Como não faço distinções entre etnias, hoje apetece-me ser qualquer coisa entre uma ave e uma pessoa.

Uma nota final: Há gente para além dos ciganos. Gente como eu.
Os meus genes não mentem nem eu quero que seja de outra maneira.
Acreditam?  Não esperem muito para responder pois estou quase de partida. É esta a vida de uma nómade."

(Fernanda Sesifredo)


"Os ciganos sempre foram perseguidos na Europa. Da mesma forma que os judeus, eles formavam ums espécie de pátrias dentro da sociedade. Um dos aspectos que fez com que eles ganhassem uma péssima imagem foi o fato de eles lidarem com profissões mal vistas pela igreja católica, ligadas ao entretenimento (musicos, dançarinos e adivinhos), à morte (açougueiros) e á sujeita (ferreiros)."




Holocausto Cigano


Segunda Grande Guerra Mundial, a perseguição e o extermínio dos ciganos, o holocausto nazista, cerca de 600.000 ciganos foram mortos em campos de concentração principalmente em Auschitz e Birkenau.












Judeus-------------------------------------6.000.000 
Ciganos--------------------------------------600.000 
Deficientes-----------------------------------200.000 
Homossexuais-------------------------------100.000 
Socialistas-------------------------------------50.000
Testemunhas de Jeová----------------------50.000


 Em 1945, termina a carnificina evitável da Segunda Guerra Mundial. Os ciganos lamentam, por não participarem do processo de Julgamento de Nuremberg, não houve testemunhas ciganas, nenhum fora convidado para depor, dar seu testemunho.


E ainda hoje existem pessoas que seguem a politica de Hitler... o que é diferente é para ser eliminado... ainda existem pessoas que discriminam e tem um (pre)conceito formado sobre aqueles que nao comungam com o que para eles é o certo...


HITLER ESTARIA FELIZ DE VER QUANTOS SEGUIDORES AINDA TERIA... AQUI...BEM PERTINHO DE NOS...

terça-feira, 12 de junho de 2012

Hj minha dor é toda a dor do mundo...

Doença de hodgkin... ou Nao-hodgkin... uma doença traiçoeira, nao se anuncia e quando se descobre ja esta em um grau avançado... chega mexendo com todos, nao so o portador... abala as estruturas... fragiliza familiares que se sentem impotentes diante de tamanha agressao...

Nesses dias especialmente, tenho lembrado muito do padre Leo que morreu  vitima de Nao -hodgkin e das palavras dele em sua ultima apariçao... tenho tentado emergir destas aguas tao profundas que nos amarram, a vida ficou la fora, atras da porta de entrada, vemos a vida atraves das janelas, nos fechamos junto com o portador... a carencia de quem enfrenta essa doença é terrivel... qualquer dor  pode ser o avanço mais rapido da doença... com isso vem a insegurança, a baixa auto-estima, a depressao...
Ainda tem que se manter uma aparencia de que esta tudo bem ou negar a doença por causa de familiares mais velhos, que nao aguentariam o baque de saber...tudo isso nos angustia...
Muitos amigos se vao apos as duas...tres primeiras semanas... todos morrem de dó e compreendem, mas vao viver suas vidas... so ficam os que  realmente gostam de vc, ou os que ja passaram por isso e sabem que qualquer gesto ou palavra de carinho é como um balsamo em uma ferida... agua no deserto... como tbm qualquer gesto ou palavra brusca em nossa direçao doí terrivelmente... sangra... ficamos muito fragilizados....ambos... portador e cuidador...
Meu tempo acabou... foi consumido por tantos cuidados, nao tenho tempo para mim... deixei de ser eu... mas é assim que tem que ser... o papel dos que estao ao lado é tentar melhorar o maximo a qualidade de vida... quando se descobre a doença se passa por um periodo terrivel de frustraçao, negaçao, medo... depois a realidade se instala e é preciso prosseguir sem muito tempo para chorar ...pq o tempo urge e é preciso agir rapidamente para se ganhar um pouco mais de tempo...
O pior disso tudo sao as incertezas...o linfoma é a doença do "se"... 
Me  lembrei tbm de uma moça que vi o depoimento dela em uma comunidade sobre o assunto... bem no principio, quando descobrimos a doença... talvez na epoca devido o choque da descoberta nao tenha me dado conta da proporçao  da dor daquele depoimento... hj passado um tempo e ja dentro da situaçao... me identifico totalmente com tudo... 
No depoimento ela agradecia aos amigos virtuais e reais... dizia mais ou menos assim: "Agradeço a todos os que lutaram ao meu lado e de meu marido... ele foi um guerreiro o tempo todo, nunca desistiu de lutar... mesmo sabendo que seu tempo era breve... com ele vai meu carinho e amor... comigo fica a consciencia de que fiz tudo o que podia para lhe sanar um pouco as dores... mas a vida é assim... comigo caminha os filhos que ele me deixou ( ele a deixou com dois filhos...um bebe de oito meses e outro mais velho) ele vai em paz e comigo fica a paz de saber que fiz tudo o que estava ao meu alcance"...
Me senti naquelas palavras...pq tbm tenho um filho recem-nascido... e sei o que é viver essa situaçao...
Hj essa dor que trago esta mais pesada... talvez pq tenha visto na pessoa um rasgo de cansaço , o começo da desistencia ...o cansaço de lutar... e entao eu nao poderei fazer mais nada...tenho tentado ser forte... mas hj o dia amanheceu mais cinza...


"O Padre Léo falou de sua saga, da doença, do câncer que foi ruindo suas energias, alegria e vontade. Já não andava, não ouvia, não enxergava, não conseguia se banhar e, às vezes, se alimentar. Ele dizia, emocionado, ao sentir tantas dores: “Senhor, tenha piedade de mim”, pois era sustentado por sua fé, por seu amor a Jesus e por sua confiança em Deus.
Para encerrar e chegar onde eu quero, repito suas palavras: “Essa doença, o câncer, é terrível! De tudo o que ela me fez perder, o que me doeu mais foi perder a dignidade. É, o câncer tira a nossa dignidade! Era doído ser limpo, lavado e ver pessoas trocando as minhas fraldas. Perder a minha dignidade foi pior que não poder andar e enxergar.”"

quinta-feira, 7 de junho de 2012

Sempre ao Seu Lado (Hachiko: A Dog’s Story)

"Quando me perguntam quem é meu herói, me vem em mente o cachorro do meu falecido avô.
Meu avô o encontrou em uma estação de trem e ficou com ele por longos anos, o cachorro era tao fiel, que esperava todos os dias meu avô voltar do trabalho, sentado no mesmo lugar.
Algum tempo depois meu avô teve uma parada cardíaca e faleceu.
O cachorro continuou esperando ate a morte, em todas as estações do ano, meu avô voltar do trabalho.
E então eu me pergunto, será que alguém faria isso por você? Será que assim como o cachorro do meu avô, alguém seria capaz de estar sempre ao seu lado te esperando independente de qualquer coisa?
Eles me ensinaram o significado da lealdade."


Filme impactante... impossivel nao se emocionar em cada vez que se ve...

Post em preto e branco... e imagem surreal...



[ Recebi essa imagem da Duda e confesso que me emocionei. Como ela mesma disse no e-mail é uma imagem que fala por si. Mas minha imaginação é para lá de fértil e eu fiquei imaginando mil coisas por trás disso, sabe? Quem seria esse senhor? Qual seria o seu nome? Por que ele se interessa pela leitura? O que mais gosta de ler?

Para mim é algo tão óbvio dizer porque tenho interesse na leitura. E é quando vejo cenas assim que fico com mais vontade de ler e despertar nos outros o interesse pela leitura. Eu leio porque a leitura me permite acessar outros mundos, outras histórias, culturas. Pode parecer irreal viver um conto de fadas, por exemplo, ou viver um grande e arrebatador romance como nos livros, mas eu leio porque em algum lugar isso é real em mim.

É incrível o poder que a leitura tem sobre quem sou. Tudo que vivenciamos influencia (e muito) em quem nos tornamos. Com a leitura não poderia ser diferente. Tem um pouco de cada livro que li em mim.

É gostoso ir deitar e ficar imaginando como a história terminou, não é? Legal também é imaginar como ela poderia ter terminado!

Dia desses estava lendo uma poesia de Quintana em que ele diz que o bom leitor é aquele que quando se dá conta já abandonou as páginas e continuou a história em outro lugar. Diz assim:

"A Arte de Ler
O leitor que mais admiro é aquele que não chegou até a presente linha. Neste momento já interrompeu a leitura e está continuando a viagem por conta própria."

Dei risada quando li, porque sou exatamente assim. Quando vejo já fui a vários lugares sem sair do lugar e sem necessariamente seguir o que o autor disse.
Leitura é um sonho bom. E não é pelo sonho que acordamos? Não é por nossos sonhos que lutamos? A leitura faz parte disso tudo.
E você, por que lê? ;-) ]


Postei na integra o post de "Costurando Estrelas" pq achei tao surreal essa imagem... surreal e emocionante mesmo... em um país que as pessoas se preocupam e perdem tempo com tantas coisas inuteis... pessoas ate com condiçoes socioeconomicas favoraveis ... que falam e escrevem errado sem se preocuparem em adquirir cultura... em contrapartida um morador de rua se preocupa em ler... como pode... do jeito que dá... mesmo que seja livros em uma estante de uma livraria publica... 
Ler é liberdade... é imaginaçao... criatividade... o personagem de um livro pode ter o rosto que quisermos... emprestamos a ele a voz , o tom, o gestual que melhor se adapta a nos, aos nossos desejos... ler é nos  refugiarmos em nosso proprio mundo e de la sairmos mais sabios...
Ler é melhorar nosso modo de escrever... de falar ... de entender o mundo ao nosso redor...
E  isso sim é importante...isso sim é chique... 

terça-feira, 5 de junho de 2012

De todo escrito,
só me agrada
aquilo que
a
pessoa escreveu
com o seu sangue.

(Nietzsche)
Existe uma rede social chamada Pinterest. Ela é basicamente formada de fotos e vídeos, e é muito legal para referências visuais. E há uma página chamada "Facing Cancer Together" - (Encarando o câncer juntos), que publica imagens e frases de pacientes, familiares e afins, todos juntos na torcida, literalmente. Acho muito legal e inspirador:

http://pinterest.com/facecancer2gthr/

Nos Estados Unidos há uma mobilização de pacientes que me parece muito maior do que aqui. Há até uma rede social voltada para o assunto. Qualquer pessoa pode participar, mas precisa ser em inglês. Abaixo da imagem tem o link:


www.ihadcancer.com



Postado por Diario de um Hodgkin

"Não ache que voce consegue me entender
com meia hora de prosa.
   Sou tal qual moringa de água.
Simples à primeira vista, como uma boa cerâmica,
mas quem me vê assim, só querendo matar a sede, só de 
passagem, não faz idéia da trajetória do meu barro,
nem das tantas 
vezes que desejei mudar o meu destino."

(Sou de barro- Solange Maia)

(Postado originalmente por Sil - "Entre Aspas")



Psicotizando... Tirando a Mascara



Enquanto a chuva caia la fora eu sentado no chão da minha sala , chorava , um choro duido , longo , em meio ao silencio do meio da noite , apenas meu soluço ecoava  nos cômodos vazios da casa , é, minha visão turva pelas lagrimas que teimavam em rolar desenfreadamente em um ritmo que eu jamais havia presenciado , o motivo ? ahhh difícil dizer , em todo o tratamento eu interpretei um personagem admirável , forte , cheio de amor a vida , acho que na verdade houve um pouco de mentira nisso tudo , atrás do homem da mascara de Ferro se escondia um menino , frágil e imaturo , cheio de frustrações e angustias , que com o decorrer de anos passava por cima ou melhor dizendo camuflava diversos defeitos , para se sentir aceito ou apenas normal .
Finalmente chegamos ao final da radioterapia...


Continua no blog Batalha do Linfoma... de Mauricio Anias

Um relato desabafo emocionante sobre a guerra contra o Hodgkin...




Que Deus receba em seus braços aqueles que ficaram pelo caminho... que continue protegendo os que se curaram... que abençoe os que ainda estao na guerra e que tenha misericordia dos muitos que ainda vao começar...



Clip do Blog Amor de Papelao


É muito bonitinho... com um final mais bonitinho depois do final e faz sonhar...