terça-feira, 6 de novembro de 2012

"O cara que pega você pelo braço
Esbarra em quem for que interrompa seus passos
Está do seu lado pro que der e vier
O herói esperado por toda mulher
Por você ele encara o perigo
Seu melhor amigo
Esse cara sou eu"


Esse "cara"... existe?!?




Para onde vou ta tocando essa musica... virou a nova "febre" popular brasileira... sera que so eu que to ficando de saco cheio de ouvir essa ressuscitaçao do Roberto?


10 comentários:

  1. Frida, se existir, checa de onde vem e conta pra gente!!! :)

    beijos

    ResponderExcluir
  2. Fica combinado assim... quem conseguir achar, conta pra geral...

    ResponderExcluir
  3. adoro roberto
    independente do que a globo queira que eu engula
    ha musicas melhores
    mas esse cara ele existia
    pena que as mulheres nao gostam de principe
    elas dizem que gostamn
    coisas diferentes

    ResponderExcluir
  4. Entao "esse cara" é ele? O tal do principe encantado?
    Bem que eu imaginava que so conseguiria encontra-lo nas estorias infantis... pena que a vida nos faz crescer a força e deixamos de acreditar em contos de fadas...

    Bom... eu gosto de algumas letras do Roberto... mas sempre nas vozes de outros cantores...

    ResponderExcluir
  5. Olá!Boa noite!
    Tudo bem?
    Com certeza...é tudo o que eu faria pela amada...
    ah...essa música está na trilha da nova novela, então não tem jeito,vai ouvir muito por aih.
    Ótima semana!
    Obrigado!
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Opa... entao estou diante de um principe real... vc nao deveria ter declarado isso publicamente... agora seu blog vai congestionar de mulheres querendo ser a sua amada...

    Pois é... e toca direto...ja ta cansando...

    ResponderExcluir
  7. É interessante este poder, que a musica tem de nos acompanhar pelo dia.
    As vezes mesmo sem querer, voce se pega cantarolando a peste, ainda que
    não seja seu gosto musical.Lembro bem da porcaria do Rebolation(eca).Mas
    agora inventaram "esse cara",com todos os pre-requisitos de um sonho de
    consumo das relações e certamente ele não vai existir, porque as couraçãs
    são cada vez mais rigidas e impermeaveis.
    Bela troca de opinião.
    Meu terno abraço.

    ResponderExcluir
  8. Ahhhhhhhhhhhhh, minha amiga, ele existe!!!

    Eu casei com ele!!!

    Mas também foi bem merecido, depois de tropeços dantescos, finalmente toquei a felicidade... rs

    Essa música é linda.

    Muitos abraços minha amiga.

    ResponderExcluir
  9. Obrigada por ter retribuído a visita. Aliás, cheguei ao seu espaço pela referência que o Toninho fez a ele. E gostei.
    O tempo passa, mas o romantismo não. E espero que ele não morra. Não se espera um príncipe nos dias de hoje e quem o fez, no passado, viu-se diante de grandes frustrações. Confesso que prefiro ouvir Roberto Carlos a muitas das músicas que estão tocando por aí, com letras estranhas e, de certa forma, inaceitáveis (para mim).
    Bjs.

    ResponderExcluir
  10. Boa noite querida amiga,

    Como eu compreendo você!
    Independentemente de gostar de Roberto Carlos ou não, tu, eu, nós queríamos um cara, assim, desse jeito.
    Não sei se existe. Duvido. Só algum santo pra ser beatificado (que Deus me perdoe)!
    Se exite um cara, com essas virtudes, ele é transitório, temporário. Acaba o prazo de validade, e ele começa a "feder", se detiora, minha amiga.

    Vamos vivendo na alegria de quando éramos crianças, lendo a Gata Borralheira.

    Beijos, com muito apreço e estima, por você.

    ResponderExcluir