terça-feira, 25 de setembro de 2012



Como uma frase pode mudar um dia...
Descobri que sou ingenua demais...tao ingenua que  so descobri isso hj...
Falo o que realmente penso... e muitas vezes na hora errada (mas que eu achei ser a hora devida, pelo menos para mim)... nao consigo manter a calma se algo me tira do serio ( so penso depois, e isso por mais verdadeiro que seja, as vezes me deixa em situaçoes dificeis)... nao consigo ter o jeito pacifico que é tipicamente feminino...
E o pior de tudo, nao consigo fazer esse joguinho que tenho visto na maioria das mulheres...
esse jogo, sei la... de gato e rato...(gato e rato?) essa coisa de beicinhos, olharzinhos...nhem nhem nhem  e palavras subliminares, de joguinhos de conquistas meio "brega"( brega para mim, pq pelo que tenho visto, eu que sou brega, isso é quase uma regra geral entre as mulheres)... nao sei... talvez pq meu mundo seja  a maior parte habitado pelo masculino... convivo com homens... pouquissimas mulheres fazem parte do meu dia a dia... nao aprendi essas coisas de "mulherzinha"... nao sei seduzir... nao sei ser interessante... meus assuntos sao sempre muito diferentes do mundo feminino...  é claro que muitas mulheres conversam sobre tudo , e toda regra tem as suas exceções ( e nem é uma critica, na verdade hj descobri que elas estao certas, sao muito mais interessantes aos olhos masculinos)... mas  a maioria  conversam um tempinho assuntos gerais e se voltam para a chapinha e a chuva no cabelo, o regime e as calorias ...os homens que prometeram ligar e nao ligaram... nao consigo manter uma conversaçao muito tempo se o assunto é so isso ...  se o assunto ficar so ai, me desinteresso...
Alguem hj me falou uma coisa sobre esse meu jeito... e eu me vi uma ingenua sem sal... ingenua no sentido de ainda nao ter percebido isso... sempre me achei mesmo com pensamentos mais masculinos... mas... nao tinha me visto ainda tao diferente de outras mulheres...
Me disseram apenas uma frase -Vc surpreende, tem um jeito de "patricinha" , muito feminina por fora, mas com atitudes masculinas ( patricinha = ? ... nunca consegui entender qual a definiçao certa para essa palavra)...
E ela (a pessoa) nem falou por mal (eu acho) ...sei que provoco essa reaçao mesmo nas pessoas que me veem de salto, maquiada, cheia de pulseiras, colares ... acham que se minha unha quebrar eu entro em panico, e se surpreendem quando me veem agindo com firmeza quando é preciso......
Mas ela me fez pensar o dia todo depois disso, e eu comecei a rever tudo isso...de nao saber fazer esse jogo de conquista, de nao ter a docilidade da calma feminina... e com minha "atitude" masculina nem perguntei o que ela  quis dizer, pq tinha algo mais urgente para resolver ... e ate agora nao sei se foi uma critica ou apenas surpresa mesmo...
Mas mexeu comigo... me fez pensar... me vi perdida entre esses dois mundos... masculino e feminino... e talvez sem pertencer a nenhum deles... nao tenho nada de masculino fisicamente, nao gosto de mulheres, sou vaidosa, mas sei que tenho pensamentos e atitudes mais masculinas... nao gosto do jeito "mulherzinha" pq detesto frescurinhas... detesto discutir DR ... detesto ficar repetindo e lembrando algo que ja passou a um seculo... detesto cobrar atençao com carinha de menininha indefesa...mas sou feminina, gosto de me enfeitar...  fiquei nem la...nem ca... ta ficando dificil assim...
Me vi agindo como os homens... mas com  sentimentos mais  femininos... bom... isso é puro preconceito... dizer "sentimentos femininos" ... homens tbm sao sensiveis... e tenho visto que por serem menos ligados a coisas bobas... sao ate mais sensiveis... a unica diferença é que sao sensiveis ou ficam... quando realmente algo lhes toca a alma...
Me senti mal... me senti incomodada, embora admiro muito o mundo masculino que sempre simplificam tudo... sao diretos... sem embolaçoes de meio de campo... mas... ao mesmo tempo me senti tao  desinteressante, tao diferente das outras mulheres...
O que sei é que essa frase mexeu tanto comigo (talvez mais pelo tom que foi falada do que propriamente pela frase)... que me fez vir ate aqui desabafar... pq aqui é onde converso comigo mesma ...

Com isso tudo pode ser que  eu comece a mudar...
Talvez amanha chego para ela de um jeito mais tipicamente  feminino...e pergunte:- Aqui querida... sabe aquela frase que vc disse  ontem? ( mulher adora em uma discussao voltar em historias acontecidas  anos atras)... o que mesmo que vc quis dizer?

Mas ... e a preguiça?



Um comentário:

  1. Uma otima auto definição com todos os pormenores e reflexões à luz do ser e não ser.Coisa do Shakespeare ou bem proxima.
    Engraçado como sempre estamos sob a luz da analise que as pessoas julgam ter direito de fazer, que foge muito do cada um é cada um.
    Gostei deste texto aberto e da ilustração.
    Bela viagem pelas paginas amiga.
    Bom estar aqui.
    Abraços.
    Bjo.

    ResponderExcluir