sexta-feira, 28 de setembro de 2012


5 comentários:

  1. Eu amo essa canção!!! Só não concordo que todo amor só é bem grande se for triste, o amor não faz ninguém triste, pelo contrário, o amor faz florescer a paz e harmonia dentro de nós...

    ResponderExcluir
  2. Oi querida Frida,

    Nova foto no painel de segidores. Frida, em carne e osso. Essa se vê muito bem.
    Vinicius é Vinicius. Tudo o que escreve tem e faz sentido.
    De facto, há pessoas que nos são indispensáveis.

    Eu, dentro de mim, não tenho fronteiras, nem assino papeis, convenções, tratados e complicações.
    Sou livre como o vento errante do deserto ou como as caravanas em que seguem povos nómadas, livres, que têm o céu como teto e as estrelas como almofadas.

    Boa semana.

    Obrigada por sua visita e comentário.
    Beijos, com ternura, da Luz, livre.

    ResponderExcluir
  3. Concordo contigo o amor não pode ser triste,
    mais choramos muitas vezes de emoção por amar demais.
    Beijos uma linda semana,Evanir.

    ResponderExcluir
  4. Oi Frida, minha amiga!

    Voltando, hoje, pra te desejar um dia de sol e de liberdade.
    Pretendo corrigir a palavra "SEGUIDORES". Assim, é que está correto.

    Beijos, com ternura, da Luz.

    ResponderExcluir
  5. Linda canção na voz da Margareth.
    Saudade do poetinha mais preto do Brasil.
    Aqui tem uma estatua dele,que faço sempre questão de visitar e sentar para um bate papo,fica de frente para o mar de Itapuan.
    Valeu amiga.
    Bjo.

    ResponderExcluir