sábado, 25 de agosto de 2012


 Quantas vezes tentaram adivinhar o que sentíamos, e erraram.
Julgaram nossas ações, e erraram.
Tiveram certeza sobre nossos propósitos, erraram.
O que somos de verdade e o que queremos de fato, só nós sabemos.
Só nós.- Sós.

(Martha Medeiros)

Um comentário:

  1. Uma terra isolada que ninguém ouse pisar.
    Só e somente só aos que abrimos a porta.
    Beleza da inacessibilidade.

    ResponderExcluir