segunda-feira, 16 de julho de 2012

.

é inútil buscar a verdade como algo absoluto.
a verdade, na verdade, é maleável, caleidoscópica, caprichosa até,

a verdade pode ser uma mentira, um engano, um desejo, uma conveniência,
a verdade, na verdade, nos enrola, e se mata de rir de nós. De todos, nós.

[você tem uma grande verdade?...]



(Postado originalmenre por Be Lins)


3 comentários:

  1. Olá!Bom dia!
    Respondendo seu comentário!
    Meus textos são únicos e não cabe recados extensivos, sob pena de fugir completamente do contexto do leitor... não podem ser muito textualizadas, por não serem verdades absolutas,pois se insurge na minha experiência única, posso ousar e dizer que a compreensão e o pensamento de quem for ler pode ser maximizada ou minimizada conforme sua realidade sensível ou inteligível.
    Boa semana!
    Beijos com carinho

    ResponderExcluir
  2. Agradeço pelo carinho...mas, não existe intenção...somente escrevo...e "posto"...
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Entao escreves bem poeta... escreves bem...

    ResponderExcluir