quarta-feira, 23 de maio de 2012


Que saudades da fazenda...
Do cheiro da grama quando chove... do barulho do gado na hora da ordenha...o cafe da Vó Maria passado no coador de pano no fogao a lenha...
Saudade de caminhar pelo campo...
Ouvir o grito do Tonho la da porteira: A moça chegou! o carro dela ta aqui...
Depois ouvir um pedido: "Vamo" andar "de" cavalo?
-Nao Tonho... é "a" cavalo...
-Entao... isso que falei...
Tomar banho de rio em noite quente... depois ficar na rede da varanda olhando os vaga-lumes piscarem... assim como as estrelas que ficam mais brilhantes e o ceu mais escuro nas noites na roça...
Nas madrugadas que passo embalando meu pequenino... conto pra ele desse reino que é o campo...digo pra ele que assim que ele crescer so mais um pouquinho... nos dois vamos morar la... vai ser o nosso castelo...vai ser nosso refugio... meu e dele... e ele dorme ouvindo as historias enquanto eu sonho...

5 comentários:

  1. Oi,Frida!!
    É disso que eu precisoooooooooooo!!rs!!!!
    Beijos e excelente 4° feira.
    Soninha.

    ResponderExcluir
  2. Q lindo e mágico!!
    Muita saúde e felicidades p q possas continuar a sonhar e a realizar!!
    Obrigada pela visita e pelo carinho do comentário!

    ResponderExcluir
  3. Viver no campo é mesmo magico...
    Obrigada a vc por dividir conosco sua experiencia...

    ResponderExcluir
  4. Agora esta explicado amiga.Nada como este estar de frente para a vida simples e natural.Sentir cheiro das coisas que cheiram,como as hortaliças,temperos e doces, chão.Sentir o cheiro de casa varrida com folhas de alecrim.ISto tudo são lembranças de uma infancia feliz,que vivia na casa de minha avó.Minas nos leva a este encontro com o mais lindo do interior.Aqui voce me coloca de frente para minha Minas.
    Lindo isto.
    Um terno abraço com admiração.
    Bjo.

    ResponderExcluir