sábado, 18 de fevereiro de 2012

Overdose de Caio...

"... guarde este recado: alguma coisa sempre faz falta. Guarde sem dor, embora doa, e em segredo."

 "Me mande mentalmente coisas boas. Estou tendo uns dias difíceis."
 "E eu simplesmente não aguento mais ninguém indo embora."
 "Fiquei. Você sabe que eu fiquei. E que ficaria até o fim, até o fundo. Que aceitei a queda, que aceitei a morte. Que nessa aceitação, caí. Que nessa queda, morri. Tenho me carregado tão perdido e pesado pelos dias afora. E ninguém vê que estou morto."
 "Tenho tentado aprender a ser humilde. A engolir os nãos que a vida me enfia pela goela a baixo. A lamber o chão dos palácios. A me sentir desprezado-como-um-cão, e tudo bem, acordar, escovar os dentes, tomar um café e continuar."
 'Não se engane comigo, é na bagunça que eu me arrumo.' 

"Antes mesmo de nascer, Deus sabe quem vai te fazer feliz pra sempre."
 "aprendi que minhas delicadezas nem sempre são suficientes para despertar a suavidade alheia"
 "Então é assim, somos presente, passado e futuro. Tempo infinito num só, esse é o eterno."
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário