domingo, 26 de fevereiro de 2012


"Muitas vezes é tão pouco o que eu quero.
Quem nunca teve medo?
Quem nunca ficou assustado?
Mesmo quando não era nada...
...e nada era sempre o mais assustador."

(Cáh Morandi)

Nenhum comentário:

Postar um comentário